Informativo – Setembro 2016

PROCESSO SELETIVO UFJF: Bacharelado em Música e Licenciatura em Música.

  • VAGAS: 48
  • A seleção será feita por meio de duas provas de habilidade específica (uma objetiva de teoria e percepção musical e outra de prática musical), além da utilização da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.
  • As inscrições podem ser feitas no , até as 15h do dia 7 de novembro.

O candidato ao Bacharelado poderá optar pela habilitação em Canto, Flauta Transversal, Piano, Violão, Violino, Violoncelo ou Composição. Já a Licenciatura é ofertada em Canto, Cravo, Flauta Transversal, Piano, Violão, Violino, Violoncelo e Educação Musical Escolar. O resultado será divulgado no dia 28 de novembro. Já o resultado final do processo está previsto para o dia 2 de fevereiro. Outras informações pelo telefone (32) 2102-3738.

Fonte: http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/noticia/2016/09/ufjf-lanca-processo-seletivo-para-curso-de-musica.html

# ARTIGO: Na vida e na escola, a música tem seu lugar!

A música está em nossa dinâmica de vida, no carro, quando ligamos o rádio, na tela do cinema em trilhas sonoras, nas salas de espera de consultórios, nas lojas de departamentos… ouvimos música todos os dias, escolhendo ou não. Elas ecoam em espaços públicos pelos quais transitamos. Por sua presença no cotidiano social, vale perguntar, qual a dimensão da música em nossas vidas? E no ambiente escolar, qual a sua função? Entusiasticamente respondemos. [Ler artigo completo]

Atenção

O Festival MIMO de Cinema anunciou sua programação para a edição de 2016, a 13ª de sua história. Por mais diversos que sejam os 25 filmes selecionados para a mostra deste ano, todos eles têm uma coisa em comum: a música.

Ao todo, 145 produções foram inscritas e 27 foram selecionadas pelo júri e por dois convidados especiais. Além disso, o festival também inclui shows de artistas nacionais e internacionais.
SELEÇÃO MIMO DE CINEMA – MOSTRA PANORAMA BRASIL

Longas metragens

Chico Science: O Caranguejo Elétrico, de José Eduardo Miglioli
Time Will Burn – O Rock Underground Brasileiro do Começo dos Anos 90, de Marko Panayotis e Otavio Sousa
Perdido em Júpiter, de Deo
Waiting for B., de Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel
Pedro Osmar – Prá Liberdade Que Se Conquista, de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques
Caminhos do Coco, de Joice Temple
As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana, de Bel Bechara e Sandro Serpa
Casaco na Corda Bamba, de José Joaquim Salles e Ph Souza
Morena dos Olhos Pretos, de Isaac Dourado

Curtas-metragens

Filme em Fúria, de Nana Maiolini
Faz que Vai, de Bárbara Wagner
Orquestra Invisível Let’s Dance, de Alice Riff
Gramatyka, de Paloma Rocha
O Trovador O Cabra Os Mundos, Marcia Paraíso e Carla Joner
Vinillis Frutiferis, de Victorhugo Passabon Amorim
A Batalha de São Bráz, de Fernando Segtowick
Vivi, de Catarina Doolan e Julio Castro
Não Tem Só Mandacaru, de Tauana Uchôa
Antena Meta Física, de Idosoidos (Vidasouvidas) e Beth Brandão
De Quando em Vez, de Jáder Barreto Lima e Rafaella Pereira de Lima
Essa Barra Que é Gostar de Você, de Madiano Marcheti
IK80 – O Maestro e Sua Orquestra, de Bruno Vouzella
Fuga, de Eduardo Rosco
Serra do Caxambu, de Márcio Brito Neto
FILMES CONVIDADOS – Produções diretamente convidadas pela direção do festival

Sicília Jass, de Michele Cinque
Sete Corações, de Dea Ferraz

Fonte: http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-124660/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *